Veleiro S40 Pajero é campeão da Semana de Vela de Ilhabela

Em duelo emocionante e acirrado, barco que carrega em seu nome toda a tradição e pioneirismo da Mitsubishi Motors conquista a mais importante competição náutica da América Latina.


Pajero é campeão da Semana de Vela de Ilhabela

A 44ª Semana de Vela de Ilhabela (SVI) consagrou o Pajero S40 (Soto 40) como campeão do principal evento da vela oceânica da América Latina. Depois de oito regatas e uma vitória, a tripulação do comandante Eduardo Souza Ramos comemorou a conquista na classe ORC, que reúne os barcos mais velozes. O Pajero repete a conquista de 2012, enquanto Souza Ramos, que já participou de duas Olimpíadas, chega a seu décimo título na SVI, sendo o maior vencedor da competição.

A última e decisiva regata foi dramática, com o Pajero ultrapassando o vice-campeão Angela Star, do Rio de Janeiro, apenas no último trecho, e conquistando a segunda posição, suficiente para avançar na classificação geral e garantir o título.

Tripulação comemora o título

“Largamos bem, acertamos todas as aproximações de boia e fomos precisos nas manobras, mas só ficamos tranquilos quando chegou o resultado oficial”, comemorou Souza Ramos.

A tripulação estreou com vitória na Semana de Vela, garantindo o título na regata mais tradicional da competição, a Alcatrazes por Boreste, um percurso extenso de mais de 100 quilômetros.

“Estamos muito felizes. Hoje é dia de comemorar em Ilhabela”, exalta o tático do Pajero, André Fonseca, o Bochecha, que já disputou três edições dos Jogos Olímpicos. “As regatas de rating (coeficiente para correção de tempo entre barcos diferentes) provocam angústia. A gente nunca sabe se ganhou até sair o resultado, mas a nova engenharia do barco para a classe ORC deu certo. É sempre emocionante”, festejou Bochecha.

Souza Ramos aproveitou para elogiar a classe que lhe ajudou a adquirir ritmo de regata para velejar na Semana de Vela, a HPE25. “Em parte, devo o resultado que obtive aos treinos intensos na HPE 25. A classe tem me oferecido a sensibilidade necessária e a melhora da performance. Tenho velejado um ou dois finais de semana por mês no Represa Guarapiranga ou em Ilhabela”, afirmou o atual campeão brasileiro de HPE 25, com o Phoenix.
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia