Dívida pública avança 3,22% em junho e chega a R$ 3,35 trilhões


A dívida pública federal, que inclui os endividamentos do governo dentro do Brasil e no exterior, avançou 3,22% em junho, para R$ 3,35 trilhões, informou nesta segunda-feira (24) a Secretaria do Tesouro Nacional. 

Em maio, a dívida estava em R$ 3,25 trilhões. Esse aumento está relacionado principalmente à emissão de títulos públicos, que no mês passado ficou R$ 70,26 bilhões acima do volume de vencimentos. 

Ao mesmo tempo, as despesas do governo com o pagamento de juros, que totalizaram R$ 34,36 bilhões no mês passado, também impulsionaram a dívida pública. A dívida pública é a emitida pelo Tesouro Nacional para financiar o déficit orçamentário do governo federal, ou seja, cobrir os gastos que ficam acima da arrecadação com impostos e contribuições. 

Quando os pagamentos e recebimentos são realizados em real, a dívida é chamada de interna. Quando tais operações ocorrem em moeda estrangeira (dólar, normalmente), é classificada como dívida externas. 

Em 2016, a dívida pública registrou crescimento de 11,42%, para R$ 3,11 trilhões.
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Equipe Redação

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia