Perfume

Guia de Perfumes 2017
Guia de Perfumes 2017, de Renata Ashcar, lançamento do Grupo HM EM REVISTA, ganha versão premium. A publicação, que já virou referência no mundo da perfumaria, traz informações relevantes sobre o tema que vão desde a arte da criação de fragrâncias, passando por seus principais ingredientes até a sua estrutura. Fala também sobre os perfumes que mudaram a história, destacando a árvore olfativa criada por Renata Ashcar, que contempla as principais famílias olfativas (cítrico, aromático, floral, chipre, oriental e amadeirado).
A novidade do Guia de Perfumes 2017 é o novo formato do teste de conhecimento, antes dividido em feminino e masculino, passa a ser único; as respostas direcionam o leitor para quatro estilos: moderno, clássico, sofisticado e sedutor. Dentro de cada um deles encontram-se os principais perfumes nacionais e importados, classificados por família olfativa, facilitando assim a escolha do consumidor - são mais de 500 fragrâncias diferentes.
Com nova roupagem, capa firme, papel especial, projetos gráfico e um editorial ainda mais elegantes e fácil de consultar, a edição 2017 é para ser lida, relida e guardada como um item de colecionador, algo precioso que servirá de pesquisa e referência mesmo daqui a vários anos. Isso compensa tantos meses de trabalho árduo e pesquisas em busca das novidades deste setor em eterno e constante movimento. “Editar um livro de consulta sempre foi o meu objetivo. A perfumaria é um elemento vivo, vibrante, e seu o crescimento merece ser memorizado nas páginas de um guia de luxo”, comenta a autora do Guia, Renata Ashcar.
Quem coleciona o GUIA DE PERFUMES desde a primeira edição sabe que, a cada ano, cresce o número de marcas e, dessa forma, aumentam também as opções para os leitores, que podem encontrar mais referências similares às suas fragrâncias favoritas. A proposta do Guia de Perfumes? Ser uma referência para todos aqueles que amam perfumes!
Compartilhe on Google Plus

Escrito por silvioromerojornalista

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia