Av. Monsenhor Tabosa em Fortaleza, será incluída no projeto de revitalização da Praia de Iracema


O plano prevê incentivos fiscais para atrair novos investidores para o local, programação cultural, além de parcerias público-privadas

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setfor) deve incluir o corredor turístico da Avenida Monsenhor Tabosa, no projeto de revitalização da Praia de Iracema. O plano, que será anunciado no próximo mês pela Prefeitura, prevê incentivos fiscais para atrair novos investidores para o local, programação cultural, além de parcerias público-privadas e a criação de uma Zona de Interesse Turístico (ZIT), com incentivos e permissões na região.

Para o secretário municipal de Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira a inclusão da Avenida no projeto tem como objetivo movimentar a economia e trazer os fortalezenses e turistas de volta ao local. “O plano prevê estender todos os benefícios para o corredor turístico, incentivando novos negócios no local. Em parceria com o Sebrae também iremos capacitar os vendedores. A ideia é movimentar o espaço, alavancar as vendas, trazer novos investidores e até mesmo transformar a avenida em um pólo de lazer, com uma programação cultural”, enfatiza.




Em 2014, a Monsenhor Tabosa foi totalmente requalificada pela Prefeitura, em parceria com o Ministério do Turismo e recebeu o investimento de R$ 5,9 milhões. Os serviços de requalificação consistiram em melhorias ao longo de seus 700 metros de extensão, com obras de drenagem, pavimentação e iluminação, calçadas com pisos antiderrapantes e elevações para cadeirantes e construção de caramanchões para aumentar as áreas sombreadas do local. Ao todo, foram construídos 45 caramanchões.

Considerada o maior shopping a céu aberto da América Latina, a avenida atualmente conta com mais de 200 estabelecimentos de segmentos variados, como calçados, bolsas, vestuário, cafés, moda praia, entre outros.
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia