Busólogos, hobby que está ganhando visibilidade

busólogos-5

Embora o hobby esteja ganhando visibilidade, os busólogos já sofreram muito preconceito. Segundo um dos fundadores da Fortalbus, comunidade que reúne aficionados por ônibus da Capital e de outras cidades brasileiras, Henrique Barreto, algumas empresas desconfiavam deles. “Eles viam aquela pessoa parada na estrada ou no meio urbano pedindo para tirar fotos dos ônibus, e tinham medo, não entendiam que era um hobby”. Ele afirma que com o aumento da visibilidade, muitas empresas abrem suas portas e permitem que os aficionados matem a vontade, mas ainda há quem apresente resistência.

O Gerente de Marketing da Guanabara Rodrigo Mont’Alverne afirma que a relação com os busólogos é importante, e que críticas e sugestões são levadas muito a sério. Segundo ele, embora grande parte dos aficionados não detenha tanto conhecimento técnico, alguns superam até mesmo funcionários da empresa. “Fazemos um concurso de perguntas sobre ônibus, com questões sobre história e até mecânica, e alguns gerentes daqui tiraram nota três. Já alguns busólogos tiraram nota oito”, conta Rodrigo, que também é integrante da Associação Brasileira das Empresas de Transporte Terrestre de Passageiros (Abrati), apoiadora do encontro. Ele defende que o Governo garanta estímulos e melhorias ao transporte coletivo, tanto no meio Urbano quanto no rodoviário.
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia