Adeus ao humorista Cristovam Tadeu


                                                                        Cristivam Tadeu

O ator humorista paraibano Cristovam Tadeu, 54 anos, que  imitava Ariano Suassuna no espetáculo “Movimento Humorial” e o cantor Caetano Veloso no programa “Show do Tom”, na Rede Record, como Gaetano Velhoso  foi encontrado morto na manhã deste sábado, 7/04, em João Pessoa , a suspeita é que tenha sido um ataque cardiaco fulminante. 


Cristovam Tadeu era diretor de Programação e Artístico da Rádio Tabajara, e seu corpo está sendo velado na Central de Velórios São João Batista, na Avenida Juarez Távora, 135, no Centro de João Pessoa e o sepultamento está marcado para este domingo (9), às 11h, no Cemitério Senhor da Boa Sentença.


Cristovam Tadeu nasceu no dia 6 de maio de 1962, em Cajazeiras, no Alto Sertão da Paraíba. Começou como ator de teatro em 1980 e já em 1982, aos 20 anos, fazia seu primeiro show de humor chamado “Prá Morrer de Rir”. Em 1986 iniciou o projeto de humor em bar, se apresentando e lançando novos talentos no famoso Bar Travessia. Fora dos palcos, ele produzia charges, ilustrações e projetos gráficos.

Com personagens memoráveis, que integram o inconsciente coletivo do paraibano, Cristovam publicou por décadas suas criaturas em jornais diários, onde também fez charges e ilustrações. 

Formava seu universo humorístico as personagens Lampirão, com clara influência de Henfil, Ostradamos, Herr Fróide, além de Bartolo, sua mais conhecida criação. Bartolo é um bebum clássico, daqueles que vivem mais no bar que em casa, dando opinião sobre tudo e todos, onde Cristovam pode demonstrar seu humor hilariante.

Atuou em dezenas de peças de teatro, escreveu e dirigiu dois espetáculos de grande sucesso (Vovô Viu a Uva e Vovó Viu a Ave), fez cinema (“24 horas”, de Marcus Villar e “Por 30 Dinheiros” de Vânia Perazzo e Ivan Herbalov) e na TV, além de ter feito centenas de comerciais, escreveu, dirigiu e produziu o primeiro programa de humor da Paraíba chamado ”Sábado de Graça”.

Em 1989, em São Paulo, fez parte do elenco do programa “Só Riso”, na Rede Band, ao lado de Costinha, Zé Vasconcelos, Lilico, Zé Bonitinho e participou durante anos do programa “Show do Tom”, na Rede Record, como Gaetano Velhoso. Seu mais recente trabalho nos palcos paraibanos foi o “Movimento Humorial”, uma homenagem a Ariano Suassuna.

Compartilhe on Google Plus

Escrito por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia