FRAPORT vence leilão do aeroporto Pinto Martins CE




Governador Camilo Santana e prefeito Roberto Cláudio comemoraram resultado do leilão, que foi realizado em São Paulo.

O Aeroporto Internacional Pinto Martins foi leiloado na sede da Bolsa de Valores de São Paulo. A empresa alemã Fraport foi a responsável pelo arremate por R$ 425 milhões e deve investir R$ 1,4 bilhão na modernização e na ampliação do aeroporto. Presentes no processo de venda do terminal de Fortaleza, o governador Camilo Santana e o prefeito Roberto Cláudio afirmaram ser um marco histórico para a evolução estrutural da aviação do Ceará, trazendo ganhos no setor do turismo e elevando a capital cearense na disputa pelo Hub da Latam no Nordeste.

"Fiquei muito feliz de participar deste momento, que vai marcar o futuro, não só do Aeroporto de Fortaleza, mas do Estado. O aeroporto vai passar por investimentos e vai se modernizar, oferecer mais conforto. Vai passar pela ampliação da sua área. Tudo isso é fundamental para a nossa disputa pelo Hub da Latam no Nordeste. Isso era uma das condições que nos favorecia para a disputa e hoje conseguimos concluir, após praticamente dois anos, com esse leilão", afirmou Camilo Santana.

O prefeito Roberto Cláudio parabenizou a articulação do governador junto ao Governo Federal, Agência Nacional de Aviação Civil, Secretaria de Aviação Civil, e outras representações que possibilitaram o sucesso no leilão do Pinto Martins. O chefe do Executivo municipal mostrou otimismo quanto ao novo patamar que a Capital alcançará na disputa pela estrutura da Latam no Nordeste. "Esse processo vai garantir a Fortaleza um investimento de mais de R$ 1 bilhão para ampliar o terminal de passageiros, ampliar o terminal de cargas, modernizar e garantir um serviço de mais qualidade para as pessoas. Isso vai gerar na nossa economia mais empregos e oportunidades. Serão novas fronteiras para o turismo em Fortaleza", disse Roberto Cláudio.

Sobre a empresa responsável pela privatização do aeroporto fortalezense, o governador destacou a relevância da Fraport no mercado mundial, sendo responsável pela administração de vários terminais em países da Europa e nos Estados Unidos. "Estamos muito felizes, pois essa experiência vai possibilitar um novo marco do turismo para a aviação de Fortaleza e do Estado do Ceará".

Camilo Santana colocou, ainda, o Governo do Ceará à disposição para receber representantes da empresa alemã em Fortaleza para reuniões e apresentação da estrutura do Aeroporto Internacional Pinto Martins. O governador reforçou o compromisso do Governo e da Prefeitura de Fortaleza para trazer cada vez mais resultados para a Capital.

HUB

Hub é um aeroporto que se destaca no contexto de um país ou região pela sua dimensão e pela sua atração de um grande número de voos, abrindo maiores possibilidades de receber visitantes. Também se pode denominar hub ao aeroporto onde uma determinada companhia aérea possui a sua sede, hangares ou terminais dedicados.


A instalação do Hub representa um investimento de R$ 4 bilhões e deve promover a geração de 10 mil empregos diretos e indiretos. Caso seja concretizada sua instalação em Fortaleza, também gerará um incremento histórico para o turismo, o comércio e o setor de serviços como um todo. A estrutura representaria um avanço significativo para a economia do Estado, visto que os serviços representam 73% da economia cearense, especialmente no Turismo.
Um ciclo virtuoso

O secretário do Turismo de Fortaleza Alexandre Pereira saudou o resultado do leilão de concessão da gestão do Aeroporto Internacional Pinto Martins, de Fortaleza, e divulgou a seguinte declaração:

“O cenário que se prenuncia com a chegada da conceituada gestora de aeroportos Fraport para administrar o Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, é potencialmente positivo para o negócio do turismo, principalmente na perspectiva pela disputa do Hub da Tam..

"Acreditamos que nosso aeroporto inicia um ciclo virtuoso de gestão profissional, com sustentabilidade e eficiência nos serviços focados na qualidade de vida e na satisfação do usuário. O que nos leva a intuir sobre isso é o extenso portfólio da Fraport AG — Frankfurt Airport Services Worldwide — uma empresa alemã de capital aberto que opera os aeroportos de Frankfurt, de Hannover, ambos na Alemanha, o aeroporto de St. Petersburg, na Rússia, o gigantesco Indira Gandhi International Airport, na Índia, dentre outros."

A empresa comemorou sua vitória do leilão de concessão realizado em São, Paulo afirmando que o “Aeroporto Internacional de Fortaleza (FOR) é estrategicamente localizado no Nordeste do Brasil às margens do Oceano Atlântico”. De olho para a Europa, para a América do Norte e para a Africa. A convergência de interesses expressa na alegria da empresa alemã esta clara e só temos a comemorar.” Completa Alexandre Pereira.



Compartilhe on Google Plus

Postado por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia