Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro- Galeão muda nome para Maria da Penha em homenagem ao mês da mulher


                                        Maria da Penha (Foto: Divulgação)

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o Aeroporto Internacional Tom Jobim- Galeão do Rio de Janeiro passou a se chamar de Maria da Penha. 

O título é temporário (até o próximo dia 18)  e faz referência a cearense Maria da Penha Maia Fernandes, líder de movimentos de defesa dos direitos das mulheres e vítima emblemática da violência doméstica. 

O intuito é dar visibilidade à causa e provocar reflexão e discussão de temas relevantes com relação ao direito das mulheres, aproveitando o impacto que um aeroporto pode gerar, devido ao grande número de pessoas que recebe todos os dias.

Junto com o Rio Galeão, a Gol Linhas Aéreas também adotará o título de “Aeroporto Maria da Penha”, na fala dos pilotos durante os pousos e decolagens no aeroporto carioca. 

Durante o período, o espaço será ambientado com peças da campanha e terá a voz de Iris Lettieri dando as boas-vindas aos visitantes que utilizarem o estacionamento. 

Desde agosto de 2006, Maria da Penha dá nome à lei que aumentou o rigor das punições aos crimes de agressão cometidos contra a mulher no ambiente doméstico. Os números mostram a severidade do problema: Estudos do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) mostram que a cada uma hora e 30 minutos uma mulher é assassinada por um homem, no Brasil, simplesmente pelo fato de ser mulher. Este quadro totaliza 13 casos de feminicídio por dia.
Compartilhe on Google Plus

Postado por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia