Pernambuco lidera a folia no Nordeste com o verdadeiro carnaval de rua


Pernambuco esquece a crise e cai na folia com uma mídia simultânea em circulação nos principais jornais de sete Estados do Nordeste neste dia 21 de fevereiro. Um encarte (guia) colorido traz a animação da capital e de alguns municípios, cada um com sua particularidade. O guia é rico em informações, com uma programação completa do Carnaval do Recife, Olinda, Bezerros, Pesqueira, Nazaré da Mata, Triunfo, Vitória de Santo Antão, Ilha de Itamaracá, Goiana, Salgueiro e Petrolina.

Cada município tem sua particularidade: o Bacalhau do Batata, em Olinda; os Mascarados, em Bezerros; as Catraias Donzelas, homens vestidos de mulheres, em Pesqueira; Encontro de Grupos de Maracatu Rural em Nazaré da Mata, Os Caretas, personagens do Carnaval de Triunfo; Ursos, zebras, leões, bois, camelos e girafas no Carnaval de Vitória de Santo Antão; Historia, monumentos e natureza fazem o Carnaval da Ilha de Itamaracá. A folia continua em Goiana, com o charme de uma cidade histórica, monumentos e o colorido dos caboclinhos; Bonecos exóticos e mascarados de animais, em Salgueiro; e o genuíno Samba do Véio em Petrolina.

Para entrar na brincadeira já no Sábado de Zé Pereira, a sugestão é o Galo da Madrugada, o bloco que arrasta milhares de foliões pelas ruas do centro do Recife, acorda a cidade e dá boas-vindas. Os mais resistentes podem esticar para Olinda e esperar a saída do Homem da Meia-Noite às 23h59, com seu cortejo noturno por ruas históricas. Olinda tem o carnaval mais democrático do Brasil. Na terça-feira, uma das atrações é o desfile de bonecos gigantes, que transformam as ladeiras em uma imensa passarela.

No domingo, uma boa pedida é seguir os papangus de Bezerros. Em todos os dias, nos muitos polos de animação, será possível encontrar manifestações que são a cara dos festejos, como as variações do frevo (de rua, de bloco, canção, bem dançados e coreografados), maracatus, caboclinhos, afoxés, clubes de bonecos, bois de carnaval, tribos de índios, ursos, escolas de samba e troças.

A tradicional abertura do Carnaval do Recife acontece na sexta-feira, dia 24, a partir das 18 horas com o encontro de 13 Nações de Maracatu que irão homenagear Naná Vasconcelos. O percussionista, reconhecido por seu trabalho em todo o mundo, ficou 15 anos à frente do encontro de Nações e faleceu em 2016. O mestre será reverenciado pelos 500 batuqueiros. Pernambuco tem todos os carnavais à sua disposição. Viva esta alegria! www.carnavalrecife.com
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia