Feira Internacional de Artesanato deve gerar R$9,7 milhões


A partir desta sexta-feira dia 20, o Pavilhão das Dunas do Centro de Convenções de Natal sedia a 22ª edição da Feira Internacional de Artesanato (Fiart) com representantes potiguares, de outros estados brasileiros e também de outros países. 

A Fiart contará ainda com a forte presença de artesãos do Rio Grande do Norte que participam da exposição por iniciativa própria ou através dos programas do setor promovidos pelo governo estadual e prefeituras. A economia solidária é uma das marcas dos artesãos, que se juntam para fortalecer a produção e comercialização. Além dos empreendedores individuais, a feira contará com 17 associações e 8 cooperativas de artesãos do estado, de 65 municípios potiguares. A arte feita a mão vai desde o bordado, passando pela cerâmica e também pelas famosas garrafinhas com areias coloridas. Além das vendas no pavilhão principal, os turistas vão conhecer, no Salão dos Mestres, os artesãos que realizam seu trabalho no local para vender aos visitantes. 

Os alimentos regionais também ganham destaque no Mercado do Artesanato com produtos como suspiro, cocada, doces e biscoitos. A expectativa dos organizadores da exposição, é de que, nos dez dias de feira, sejam gerados R$ 9,7 milhões. Para tanto, são esperados 60 mil visitantes, cerca de 6 mil por dia, sendo 32% deles turistas, cerca de 20 mil visitantes, o equivalente a quase um terço do público da feira. 

Com informações do Ministério do Turismo
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia