A presença da cantora Joelma no bloco Virgens de Tambaú está causando polêmica




A cantora Joelma foi escolhida para animar o Bloco As Virgens de Tambaú, no Folia de Rua, o pré-carnaval de João Pessoa, mas está gerando muita polêmica.

Tudo devido a cantora ter sido acusada de declarações homofóbicas em entrevista há alguns anos atrás.

O tradicional bloco onde os homens se vestem de mulher e as mulheres de homem tem um grande número de foliões do grupo GLBT que não está gostando nada de ver a cantora como estrela principal. 

Ninguém  esquece a declaração de Joelma à revista Época em 2013 quando disse que os gays seriam como drogados em recuperação. 

Na ocasião  celebridades, cantores e os fãs da cantora se posicionaram contra e Joelma passou a ser rotulada como homofóbica.

Joelma afirmou ainda à revista , que era evangélica há quatro anos e que era contra o casamento gay: "Tenho muitos fãs gays, mas a Bíblia diz que o casamento gay não é correto e sou contra". 
A cantora ainda afirmou que se tivesse um filho homossexual "tentaria convertê-lo".
 "Já vi muitos se regenerarem. Conheço muitas mães que sofrem por terem filhos gays. É como um drogado tentando se recuperar", afirmou a cantora.
Um grupo de foliões está preparando um abaixo assinado para entregar ao presidente do Folia de Rua, Raimundo Nonato, bem com a diretoria do Virgens de Tambaú para solicitar o cancelamento do convite à cantora, apesar da mesma ter sido a mais votada em eleição realizada pela internet na escolha do destaque das Virgens de Tambaú. O segundo lugar ficou com a cantora Anitta.

O bloco sairá pelas ruas de João Pessoa no domingo, dia 19 de fevereiro. 
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia