LaFerrari 500 é vendida por US$ 7 milhões


Exemplar foi produzido e leiloado para ajudar na reconstrução da cidade italiana destruída pelo terremoto


O superesportivo híbrido LaFerrari de número 500 foi vendido em leilão no último sábado, 03, durante o Ferrari Finali Mondiali, que aconteceu no famoso circuito de corridas de Daytona, Estados Unidos. O lance final chegou a US$ 7 milhões, o equivalente a R$ 24,31 milhões, maior valor pago por um veículo produzido no século 21. 


Mas a causa é nobre! O exemplar de número 500 da La Ferrari foi produzido e vendido para ajudar a levantar fundos para a reconstrução da cidade de Amatrice, na Itália Central, sacudida por um terremoto devastador em 24 de agosto deste ano. Originalmente, o modelo seria limitado a apenas 499 unidades.

Com o leilão, o objetivo foi angariar o maior valor possível. O montante mais alto pago por uma La Ferrari em leilão havia sido US $ 5.170.000, em agosto deste ano.

A LaFerrari leiloada traz detalhes exclusivos, como pintura especial e uma bandeira da Itália na ponta do capô –para lembrar que ela foi produzida com um grande significado para seu país de origem–, sem contar a placa de identificação comemorativa numerada. Sob o capô, o conhecido V12 de 6,3 litros que produz originalmente 800 cv, maschega aos 963 cv de potência máxima com a ajuda do sistema híbrido KERS. Segundo a fabricante italiana, o 0 a 100 km/h é feito em 2,7 segundos.

Grande lição de patriotismo, Ferrari!
Compartilhe on Google Plus

Postado por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia