Fim de uma era: Volkswagen, em virtude do escândalo Dieselgate, deixa Campeonato Mundial de Rali



 (Foto: Volkswagen)
 Em virtude do escândalo Dieselgate, a Volkswagen deixa Mundial de Rali.

O fim  da participação da marca  terá lugar no Rali da Austrália, entre 17 e 20 de novembro.

Outra empresa que deixou  o campeonato foi a Audi.

A decisão da Volkswagen encerra uma era curta, mas de muitas vitórias no Mundial de Rali. 
  
 

















Sébastien Ogier e Julien Ingrassia,  celebrando no País de Gales, o quarto título mundial
consecutivo (Foto AFP- BEN STANSALL) 

O Polo R WRC, foi um dos carros mais vencedores da história da categoria. 
   
A preocupação agora é com o futuro do tetracampeão mundial Sébastien Ogier.

O  Mundial de Rali em 2017 contudo, prosseguirá com um novo regulamento.

Outras empresas continuarão como a Hyundai e a Ford.

Ano que vem também haverá os retornos das equipes de fábrica da Citroën,
que ficou de fora neste ano, e da volta da Toyota com o Yaris.
Compartilhe on Google Plus

Postado por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia