Paraíba tem 90% dos municípios em estado de emergência devido à seca

          Governador da Paraíba Ricardo Coutinho (Foto:Divulgação)


Aumentou o número de cidades paraibanas em situação de emergência devido à estiagem. A lista anterior era de 170,  mas o decreto publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) no último dia 6, pelo governador Ricardo Coutinho, incluiu mais 26, totalizando 196 municípios.


O decreto afirma que as irregularidades pluviométricas vêm causando danos à subsistência e à saúde da população e a estiagem prolongada tem gerado prejuízos significativos às atividades produtivas do estado da Paraíba, principalmente à agricultura e à pecuária dos municípios afetados. E por este motivo há a necessidade de atendimento à população atingida pelo fenômeno da seca, que já ocorre há vários anos. 


O documento ainda cita que as chuvas não foram suficientes para recarga dos mananciais e reservatórios, exigindo ação do poder público estadual.


Em setembro deste ano, a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado (Aesa) relatou que dos 125 açudes monitorados, 53 estão em situação crítica, ou seja, com menos de 5% da capacidade máxima.Outros 33 estão com menos de 20%, 39 têm mais de 20% e não há barragens sangrando. A diminuição no volume dos reservatórios foi provocada pelo consumo, evaporação e pela baixa recarga, já que os últimos três meses foram de chuvas abaixo da média.


A expectativa agora é de que como este ano o Brasil não sofre o fenômeno do El Nino, a partir do final de outubro as chuvas possam retornar à região e amenizar a situação de emergência.

Compartilhe on Google Plus

Postado por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia