MINISTRO DO TURISMO MARX BELTRÃO DIZ QUE LEGALIZAÇÃO DE CASSINOS É ASSUNTO PRIORITÁRIO


O Ministro do Turismo Marx Beltrão convocou uma reunião com a Associação Brasileira de Resorts (ABR), em Brasília (DF). Durante o encontro com Luigi Rotunno, Presidente da entidade, João Bueno, Diretor Executivo, Tatiane Moreno, Coordenadora de Eventos, e Renata Santos, Assessora de Imprensa, Beltrão ressaltou a importância de escutar as demandas do Setor de Turismo. 


Rotunno apresentou a entidade e debateu com o Ministro os principais projetos de Lei de Interesse do Turismo que tramitam atualmente na Câmara e no Senado, com destaque à legalização de Cassinos. Beltrão afirmou que essa questão, de extremo valor, é uma de suas prioridades e que acompanhará de perto o desenvolvimento com o Governo Federal. "A liberação de cassinos no Brasil é necessária e o projeto de lei que está em pauta no momento precisa ser revisto, uma vez que engloba diversas categorias de jogo. A liberação de caça-níqueis em nada vai ajudar no crescimento do turismo brasileiro, já os cassinos, vão gerar empregos, aumentar o o número de turistas, mais importante, gerar recursos para o País", declarou.

Nova Lei Geral do Turismo em pauta


Luigi Rotunno, presidente da ABR, debateu com o ministro do Turismo Marx Beltrão a legalização de Cassinos no Brasil e outras pautas importantes para o turismo brasileiro (Divulgação/ABR)



O projeto de lei que prevê a regulamentação do trabalho intermitente também foi abordado. "Essa demanda é de fundamental importância para o setor, que sofre com a contratação de mão de obra durante a alta temporada e em outras épocas específicas", afirmou Rotunno. O ministro entendeu a necessidade da discussão e se comprometeu a estudá-lo para o novo formato da Lei Geral do Turismo: "é um tema de interesse de toda a hotelaria. Vamos avaliar todas as pautas relevantes para o setor e fazer o possível para incluí-las na reformulação da Lei Geral do Turismo", pontuou.

Por fim, Beltrão agradeceu a presença da ABR, elogiou a organização da entidade e salientou que deseja trabalhar de lado a lado com as organizações turísticas do Brasil. "As pautas do trade são as pautas do Ministério e, se o setor vai bem, o Ministério do Turismo vai bem também. Por isso, é fundamental mantermos o diálogo e buscarmos soluções conjuntas". 

Equipe de Comunicação ABR


Compartilhe on Google Plus

Postado por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia