Alagoas atrai número cada vez maior de turistas acima dos 60 anos

Atrativos e hotelaria acessíveis,  tem atraído os turistas


Dados do Ministério do Turismo revelam que 25,4% dos brasileiros com mais de 60 anos tem a intenção de viajar nos próximos seis meses. Deste número, 59,9% afirmou que pretende viajar pelo Brasil. Neste contexto, Alagoas surge como um dos principais destinos por apresentar atrações e condições de acessibilidade, além de promover parcerias com agências e operadoras de viagem voltadas aos idosos.

Maceió é a capital do Nordeste com maior número de quartos adaptados, 94 ao todo, e apresenta estrutura acessível que possibilita uma experiência de lazer para turistas diversos. As praias da capital alagoana são planas, de fácil acesso e seguras, além de apresentar diversas opções gastronômicas e culturais.

Maceió conta também com outros atrativos turísticos acessíveis, como o Museu da Tecnologia do século XX e o Museu do Comércio, que possuem instalações propícias para pessoas com dificuldade de locomoção. Ambos ficam localizados no prédio da Associação Comercial no Jaraguá.


O rico artesanato produzido em Alagoas e as cidades históricas costumam atrair a atenção dos idosos, que geralmente buscam atrações mais pacatas. Ótimas opções são os passeios realizados para os povoados da Ilha do Ferro e de Entremontes, além das visitações aos prédios e monumentos das cidades de Marechal Deodoro, Penedo e Piranhas. Os mais variados cardápios e restaurantes da gastronomia alagoana são outras excelentes escolhas.

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) atua em uma série de articulações para promover o Destino Alagoas para públicos específicos. A última edição do prêmio Azul da Cor do Mar - ação da Sedetur em parceria com a operadora Azul Viagens - premiou os 5 agentes de viagem que mais venderam pacotes para Alagoas e envolveu 1.200 agências, provocando um aumento de 32% nas vendas.

Alagoas foi destaque também em reportagens especiais na revista Melhor Viagem, veículo especializado no turismo para os idosos, obtidas por meio de mais uma articulação da Sedetur.
Compartilhe on Google Plus

Postado por Mario Pinho

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia