Centro Niemeyer em Avilés na Espanha lembra obras do arquiteto no Brasil

     Centro Niemeyer em Avilés, Espanha  (Foto: Rogério Almeida)

Uma das mais visitadas atrações turísticas da cidade de Avilés, na Espanha é o Centro Cultural Internacional Oscar Niemeyer.  Conhecido como Centro Niemeyer ao chegar ao local percebe-se a grande semelhança com as demais obras do famoso arquiteto com outras cidades brasileiras 

O Centro Niemeyer de Avilés lembra a Estação Cabo Branco- Ciência, Cultura e Artes, também de Oscar Niemeyer e construída em João Pessoa e a  Cúpula lembra a Câmara dos Deputados em Brasília.

Tanto na Espanha como no Brasil, cada obra de Niemeyer reúne  um complexo cultural que integra salão de exposições, auditório, e  que permite diversas manifestações artísticas.

Devido ao predomínio da cor branca e de seu imenso tamanho na área industrial da cidade, quem chega à Avilés de longe,mesmo na autoestrada,  já vê a única obra de Oscar Niemeyer na Espanha.

Panorámica del Centro Niemeyer
Panorâmica do Centro Niemeyer (Foto: Divulgação)

A ligação do arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer com a Espanha é muito grande. Em 1989 recebeu o Premio Príncipe de Astúrias das Artes, pelo Principado de Astúrias, e como gratidão construiu o Centro Niemeyer, exatamente nesta região, na pequena Avilés.

Em razão do XXV Aniversário dos Prêmios Príncipe de Astúrias, fez a doação do projeto deste Centro Niemeyer em Avilés para a Espanha. Segundo suas próprias palavras é a mais importante de todas as obras que realizou em toda a Europa.

Único arquiteto cuja obra é considerada pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade,  Oscar Niemeyer deixa também para sempre sua marca única na Espanha. As formas arredondadas como um lugar para a educação, a cultura e a paz, com elementos diferenciados e integrados me lembram cada vez mais de sua obra em João Pessoa, a Estação Cabo Branco-Ciência, Cultura e Artes.

estacao-cabo-branco
                       Estação Cabo Branco - Ciência,Cultura e Artes de João Pessoa (PB)

Durante a inauguração , Oscar Niemeyer estava com 103 anos e  participou com um vídeo enviando uma mensagem para todos da cidade de Avilés e seus convidados.


                                      Auditório do Centro de Niemeyer em Avilés, Espanha
auditorio-da-estacao-ciencias
                          Auditório da Estação Cabo Branco Ciência, Cultura e Artes em João Pessoa

O Centro de Niemeyer de Avilés é formado por uma praça aberta ao público onde se realizam diversas atividades culturais, auditório para 1000 pessoas, um foyer de 3 mil metros quadrados para exposições, um mural amarelo com a silhueta de uma mulher em relevo negro, desenho do próprio arquiteto, a cúpula redonda que lembra a da Câmara dos Deputados de Brasília, uma torre (mirador) de 18 metros que lembra a da Estação Ciência de João Pessoa e um edifício polivalente que abriga o Film Centre, o gastrobar e a cafeteria.

A obra em Aviles teve inicio em abril de 2008 e a inauguração ocorreu em novembro de 2011, com um discurso televisado desde Brasília por Oscar Niemeyer. 

Resultado de imagem para woody allen na inauguração do centro niemeyer fotos

Na ocasião inauguração houve  um concerto do cineasta Woody Allen para mais de 15 mil pessoas. (Foto: Divulgação)

Inúmeras celebridades já estiveram visitando o Centro Niemeyer em Avilés, como o ator Brad Pitt, em 2009,  e o ator Kevin Spacey que firmou acordo com o local e o Teatro Old Vic de Londres.

 Resultado de imagem para brad pitt no centro niemeyer avilés fotos

                           O ator Brad Pitt em visita ao Centro Niemeyer (Foto: Reuters)

 Em 2007 foi criada a Fundação Centro Cultural Internacional Oscar Niemeyer Principado de Astúrias, tendo como patrono honorífico, Oscar Niemeyer, e cujo conselho participa além de Woody Allen, o escritor brasileiro Paulo Coelho, o cientista Stephen Hawking, e os atores Brad Pitt e Kevin Spacey,entre outros.

Dentre os Prêmios recebidos pelo Centro Niemeyer de Avilés, destacam-se o de Melhor Projeto Urbanístico Nacional (2010),  e o de Ícone das Astúrias escolhido pelos leitores do jornal diário El Comercio, da Espanha em 2011.
Compartilhe on Google Plus

Postado por Rogerio Almeida

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia