50 anos de Moda

Estilista prepara desfile e comemora agenda lotada

Fazer 50 anos de carreira e em plena atividade não é para qualquer um. O estilista pernambucanoPaulo Carvalho conseguiu esse feito e este ano comemora meio século dedicado à moda, com agenda lotada, inúmeras clientes fiéis, muita criatividade e histórias para contar. O profissional, já nos preparativos para as comemorações desta importante data, está organizando um desfile com vestidos das décadas de 60,70,80,90,2000 e 2010 numa espécie de retrospectiva da evolução da moda nas últimas cinco décadas. Cada período será representado por três vestidos.

Filho de um funcionário público e uma enfermeira do Exército, Paulo Carvalho formou-se em Filosofia e Letras e teve inúmeras oportunidades de seguir outros caminhos mas, a vocação para à moda falou mais alto e foi potencializada pelo seu interesse pela belo, por antiguidades, por obras de arte, por jóias e pela natureza. Desde muito jovem, Paulo sabia que seria artista, mas ainda não tinha identificado a área que o completaria. Na realidade, ele iniciou sua carreira como modelo em 65, no alto de seus 1,94m, em plena ditadura militar. “Era uma loucura enfrentar esse tipo de vida naquela época, as coisas eram meio contrárias, mas foi aí que descobri o meu interesse pelas roupas, pelas cores, pelos detalhes. Como já desenhava, a moda desabrochou em mim. Era uma época em que a moda brasileira vivia em efervescência. Tudo era muito bonito, era a época de estilistas famosos como Denner e Clodovil. Muito embora fosse uma época difícil, o luxo e glamour se faziam necessários. A cultura explodia no Brasil, era uma época revolucionária em todos os aspectos”, relembra.

O estilista e costureiro, ele gosta de ser chamado assim, já que além de criar e desenhar a roupa, corta e ainda senta na máquina de costura para confeccionar com todo o capricho e riqueza de detalhes as suas criações, não se enquadra em nenhum estilo específico. “ Apesar de admirar o trabalho dos grandes mestres como Saint Laurent, Valentino, Christian Dior, entre outros, meu estilo se adapta ao gosto da cliente. Procuro realizar as expectativas  adaptando da melhor maneira, o modelo e cor escolhidos para o tipo físico. Meu objetivo é deixar todas as mulheres exuberantes independente da sua silhueta”, confidencia.

E seu esforço, aliado ao talento e carisma tem surtido efeito. Paulo já vestiu e veste diferentes gerações de famílias tradicionais de Pernambuco e estados vizinhos. Apesar do domínio de todas as etapas na confecção de um vestido, desde a criação até a confecção e bordado do mesmo, Paulo admite que ninguém faz nada sozinho. “ Tem uma equipe por trás de mim. Para um vestido de noiva ou festa ser entregue ele passa pelas mãos de diversos profissionais. Tudo começa com o estilista e depois passa pelas costureiras, bordadeiras, acabadeiras e passadeiras. A união faz a força e não poderia ser diferente já que continuo trabalhando como nunca e, nem percebo que já se passaram 50 anos desde que comecei. Eu me sinto realizado e feliz nesta profissão que eu escolhi e que venham muito mais anos pela frente”, salienta.

SERVIÇO:
Rua Joseph Tourton, 388, Tamarineira
Telefone: 81. 3442.1866

Compartilhe on Google Plus

Escrito por silvioromerojornalista

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia