Serasa: Dicas de orçamento para diversão em Festa Junina


Serasa dá dicas para o consumidor se divertir nas festas juninas sem prejudicar o orçamento



O mês de junho é marcado pelas tradicionais festas juninas, que movimentam vários setores da economia e atraem muitos consumidores ao comércio. Nesse momento de crise, a inflação alta derruba o poder de compra do cidadão, por isso, “a recomendação é que a população seja criativa e utilize alternativas de consumo para se divertir nas festas, mas sem prejudicar o orçamento doméstico. Estamos vivendo um momento econômico de cautela quando se trata de novos gastos”, diz a diretora do SerasaConsumidor, Fernanda Monnerat.

Também é importante considerar as outras datas comemorativas que compõem o segundo semestre, por isso, o consumidor deve fazer um bom planejamento e manter o controle financeiro. “Já estamos a menos de dois meses do Dia dos Pais, que vai demandar mais um gasto. Além das despesas extras das férias escolares de julho, para quem tem criança em casa, e muitas outras”, ressalta a diretora.

Os especialistas do SerasaConsumidor preparam dicas para ajudar o consumidor a economizar na hora de participar de uma festa junina ou até mesmo organizar um arraial, veja abaixo:

1 Pesquisar e substituir: fazer uma boa pesquisa de preço em vários lugares é o primeiro passo para uma compra bem sucedida. O valor desses produtos típicos pode sofrer variações de um lugar para o outro. Veja se não é possível substituir algum item por uma marca mais barata. Vai economizar quem pesquisar e pechinchar;

2 Customize a roupa típica: para muitas pessoas, o traje caipira não pode faltar. Costure retalhos daquela roupa xadrez ou estampada que já está desgastada ou que você não usa mais. Se não tiver nada em casa, algumas lojas de tecidos vendem pequenos retalhos prontos para aplicar na calça ou camisa. Assim você se produz e continua economizando;

3 Cada um traz seu prato: para quem está pensando em organizar a festa dentro de casa, no condomínio, na vizinhança ou no trabalho, a melhor saída é combinar para que cada um traga um prato de doce, salgado ou bebida. Dessa forma, as delícias estão garantidas sem pesar no bolso de ninguém;

4 Vai ter bingo? veja se consegue arrecadar brindes e prendas para fazer um bingo gratuito entre familiares e amigos. Assim ninguém precisa pagar para jogar e a diversão fica garantida;

5 Decoração consciente: use a criatividade para decorar a festa. Bandeirolas de jornal, flores de garrafas plásticas, arranjos com palha de milho etc. Muitos vídeos na internet podem ajudar a criar com mais facilidade. Se puder, envolva as crianças nesse trabalho e aproveite;

6 Dinheiro contado: vai curtir a quermesse do bairro? Defina ainda em casa o quanto pode gastar e leve o valor em dinheiro. Deixe o cartão de débito e/ou crédito em casa. Assim você evita a tentação de comer mais um bolo de milho ou de fazer só mais uma rodada de pescaria. Cada item pode custar pouco, mas no final da festa, quando fizer a conta, o gasto pode ser maior que o esperado;

7 Festa na escola: as crianças em fase escolar têm sua própria agenda de festas nessa época. Uma dica é se juntar com outros pais para comprar alguns itens no atacado e assim garantir um bom desconto. Outra ideia é organizar um bazar de trocas antes da festa. Como as crianças crescem muito rápido, muitas têm vestidos e camisas usadas do ano passado em ótimo estado. Além de economizar, é uma excelente maneira de ensinar as crianças a compartilhar;

8 Viagens: quem está planejando viajar para curtir as festas juninas de outras cidades, a dica é procurar preços de pacotes completos e comparar com pesquisas separadas de passagens e hospedagens. A internet é um bom lugar para fazer cotações. Se a distância permitir, outra opção é analisar se seria melhor ir de carro, aproveitando para dividir os gastos com mais alguém, ou de ônibus.

Para conferir mais dicas sobre educação financeira acesse: www.serasaconsumidor.com.br/educacaofinanceira
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Equipe Redação

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia