Reposição de Nutrientes de forma criativa


Rede de farmácias de manipulação pernambucana investe em novas formas de suplementação para repor nutrientes de forma criativa. Farmacêutica explica que a praticidade favorece àqueles que não têm tempo e os que não abrem mão de delícias como chocolate, iogurte, gomas...
Muitas vezes, nosso corpo tem carência de nutrientes e a suplementação se faz necessária. E isso é mais comum do que se imagina. Por exemplo: estima-se que mais de 50% da população mundial sofre de insuficiência ou deficiência em Vitamina D — hormônio esteroide que estimula respostas biológicas (desde propriedades imunológicas a anti-inflamatórias) e traz benefícios para os dentes e ossos. "Isso requer uma suplementação via oral para gerar equilíbrio no organismo", explica a farmacêutica e diretora técnica da Pharmapele, Luisa Saldanha. "Mas é muito chato tomar uma cápsula todos os dias, durante um longo período de tempo. Por isso, hoje já há outras formas de manipular um nutriente", garante a farmacêutica. A diretora da empresa exemplifica: "É possível manipular um chocolate, um iogurte, um shake e até mesmo uma goma (mini gelatina) com Vitamina D. Aquela vontade de comer um docinho após o almoço, pode ser saciada, por exemplo, com o chocolate com vitamina D, que além de suplementar, ainda ajuda a manter a dieta sem exageros."

Mas essa forma prática de suplementação nutricional não está relacionada apenas com esse nutriente. "É possível inserir outros ativos, como Vitamina B12, Whey Protein, Colágeno, carbonato de cálcio, 5HTP, chá verde, diversos fitoterápicos emagrecedores, entre outros. Tudo vai depender da necessidade do organismo do paciente, de acordo com a prescrição do médico, nutricionista ou farmacêutico. E todas essas formas deliciosas de suplementar uma dieta, sem cair na rotina, podem ser feitas para facilitar", explica a farmacêutica. 

Chocolate com Vitamina D — Luisa explica que existem várias vantagens no chocolate manipulado com a Vitamina D: ele é prático (pois já está pronto); tem 70% de cacau, ou seja, é rico em polifenóis (que possuem propriedades antioxidantes para varrer a enxurrada de radicais livres que o organismo produz todos os dias); é livre de glúten e lactose; e sua composição conta com adoçantes naturais como sucralose (retirando o gosto muito amargo do chocolate). "Recomendamos uma porção diária, com a dosagem de vitamina D recomendada pelo médico. É possível, por exemplo, numa barrinha de 4g de chocolate, ter uma dose de até 50 mil UI (unidades internacionais), que é considerada uma concentração bem elevada", ressalta a farmacêutica. 

Para quem é indicado? Segundo a farmacêutica, para todas as pessoas, desde crianças até idosos, inclusive diabéticos. "Ele tem gosto agradável e não é tão amargo, pois nossa formulação leva adoçantes naturais como sucralose, não possui lactose nem glúten e apresenta baixas calorias." O chocolate pode substituir uma sobremesa ou aquela vontade de comer um doce. "Uma refeição inteira não, pois precisa de uma composição de nutrientes mais completa."

Outra vantagem é para quem tem problema com oleosidade e acne: a farmacêutica ressalta que, como o chocolate tem baixo teor de gordura e carboidratos (os principais responsáveis pelo aparecimento de acne), há uma menor chance de gerar mudanças na pele.
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Equipe Redação

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia