Devolução de R$100 bilhões ao Tesouro

Foto: Divulgação

Nova presidente do BNDES, concorda em devolver R$ 100 bilhões ao Tesouro.

Nesta quarta-feira (1) a nova presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Maria Silvia Bastos Marques, tomou posse em cerimônia no Palácio do Planalto, favorece a devolução de R$ 100 bilhões aos cofres públicos.

A equipe econômica já tinha relatado a devolução destes valores, a tática será melhorar a econômia e as contas públicas.

O recurso devolvido serão usados para abater a dívida pública e minimizar as despesas do governo com benefícios. "Eu participei das discussões [sobre a devolução dos R$ 100 bilhões do BNDES ao Tesouro]. Isso foi feito em comum acordo com o próprio banco. São R$ 100 bilhões em dois anos. Está exatamente de acordo com o fluxo de desembolsos do banco. Não vejo problemas. Muito pelo contrário, é uma medida correta", declarou Silvia Bastos.

Silvia Bastos, fala que se houver necessidade de mais recursos para fazer empréstimos ao setor produtivo será um "bom motivo" para o crescimento da economia brasileira. "Mas, neste caso, também o banco pode voltar a captar recursos privados, como fez no passado, além de captações externas, no mercado de capitais, debêntures. O desafio é colocar o ciclo positivo para começar", afirmou a nova presidente. 

Contudo, a nova presidente no comando do BNDES, relata que esse método haverá avanço de recuperação do crescimento e o aumento de empregos. "No caso do BNDES especificamente, pensar daqui para frente como será a atuação do banco. Eu já tenho algumas ideias, mas estou entrando hoje, então vamos analisar tudo e trabalhar também nas parcerias, nas concessões", disse.
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Equipe Redação

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia