Recife: Cantor Muta se apresenta no Acordes neste fim de semana


O cantor e compositor Muta é a atração do Acordes para o Museu deste domingo. O projeto, que acontece uma vez por mês nas dependências do Instituto Ricardo Brennand, na Várzea, será realizado no próximo dia 08, às 15h30.

Para o show, Muta apresenta o seu primeiro disco solo, Chego Perto, que passeia por diversas sonoridades, como dub, bossa nova, samba, bolero, brega, entre outras. Com 11 faixas, sendo dez composições autorais, o cantor traz no repertório músicas como Domingo, brega com guitarra distorcida e letra inspirada na crônica Tardes de domingo, do escritor e filósofo romeno Emil Cioran.

Outro destaque do registro é a abertura e faixa título “Chego Perto”, que segundo o próprio Muta “é baseada em uma história do realismo fantástico, na qual uma casa se torna navio”. Já “Paraquedas” encaixa num fraseado de trombone junto com a voz de Isadora Melo que automaticamente deixa o ouvinte com vontade de assobiar.

Na música profissionalmente desde 1998, o artista, passou por bandas como Inferninho Samba Orquestra (2010), Ínsula (2008) e Chocalhos e Badalos (2002), além de, atualmente, fazer parte do grupo de samba e choro Fio da Meiota. Antes, o músico utilizava o nome artístico Juliano Muta, mas, para o seu voo solo, decidiu usar apenas o sobrenome de origem nipônica – Muta.

Produzido por Filipe Barros (Barro), Rogério Samico e pelo próprio Muta, o disco foi gravado no estúdio Sala Cinco e Carranca e ainda tem parcerias com Pedro Saldanha e Leo Vila. Para os fãs que querem ouvir "Chego Perto", o cantor disponibiliza ainda todo repertório por streaming http://smarturl.it/ChegoPerto-Streaming.

Serviço:

Acordes para o Museu - MUTA
Quando: Domingo – 08 de maio
Horário: às 15h30
Quanto: R$22 inteira e R$12 meia
Onde: Terraço da Galeria do Instituto Ricardo Brennand
Compartilhe on Google Plus

Escrito por Equipe Redação

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia