Estudantes já podem se inscrever para o Enem 2016


Os estudantes concluintes do Ensino Médio já podem se inscrever na edição 2016 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O período de inscrições teve início nesta segunda-feira (9) e se estende até às 23h59 dia 20 de maio de 2016, com taxa de inscrição de R$ 68. As inscrições devem ser feitas no site enem.inep.gov.br e os alunos de escola pública estão isentos do pagamento desta taxa.

As provas serão aplicadas nos dias 5 e 6 de novembro na seguinte sequência: no primeiro dia, um sábado, o candidato terá 4h30 para responder a questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Já no domingo, será a vez das provas de Redação, Matemática e suas Tecnologias e Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, que terão 5h30 de duração.

A secretária executiva da Educação, Laura Souza, destaca que, este ano, o Ministério da Educação (MEC) oferece duas ferramentas de apoio aos candidatos que farão as provas: uma é a “Hora do Enem”, aplicativo que oferece videoaulas,exercícios e simulados, proporcionando um diagnóstico e plano de estudos personalizados para os estudantes a partir de suas necessidades específicas.

Outra, de acordo com Laura Souza, é o MECFlix, ambiente interativo que disponibiliza vídeos de conteúdos, notícias sobre o Enem, um programa diário produzido pela TV Escola e acesso gratuito a uma plataforma de estudo personalizado.

A Seduc está trabalhando no sentido de proporcionar a infraestrutura necessária para que alunos utilizem estas ferramentas dentro da escola, embora eles também possam acessá-las de suas casas. A meta é implementar esta política na rede estadual de forma a conseguirmos um bom resultado utilizando estas ferramentas”, conta a secretária executiva.

A gestora informa ainda que a Seduc, em parceria com as Gerências Regionais de Educação (Geres), deve promover um grande aulão para os candidatos no mês de outubro. “Além disso, a Seduc está à disposição para apoiar as escolas que desenvolvam outros projetos preparatórios para o exame”, complementa.

Compartilhe on Google Plus

Escrito por Equipe Redação

0 comentários:

Postar um comentário

Adicione seu comentário sobre a notícia